Notícias

BC constata aumento dos canais digitais

por Notícias às 09:53 de 15/05/2018 em Mercado de Cartões

Fonte: DCI-COMÉRCIO INDÚSTRIA & SERVIÇOS/SÃO PAULO | GERAL

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou ontem durante evento sobre educação financeira em Brasília, que os brasileiros têm usado cada vez mais os canais eletrônicos para realizar suas transações, como o internet banking e, especialmente, a telefonia móvel.

Segundo ele, os cartões de crédito e de débito continuam substituindo os pagamentos em espécie e, em larga escala, os cheques. Ilan Goldfajn pontuou ainda que a inovação tecnológica tem propiciado o surgimento de novas instituições, as chamadas fintechs, que atuam na área de serviços financeiros por meios eletrônicos.

"Nessa linha, destaco a nova regulamentação das fintechs de crédito, em consonância com os esforços do Banco Central de aumentar a competição no mercado de crédito em todas as suas dimensões", disse Ilan. "A Resolução n° 4. 656 confere maior segurança jurídica a essas operações e cria condições para a redução do custo do crédito."

Em seu discurso, que abre a 5a Semana Nacional de Educação Einanceira, Ilan Goldfajn citou ações e objetivos perseguidos pelo BC no âmbito da Agenda BG+. Ele ponderou, no entanto, que mesmo antes da Agenda BG+, a instituição já vinha trabalhando na cidadania financeira. De acordo com Goldfajn, as ações de educação financeira alcançam, a cada edição da Semana Nacional de Educação Financeira, um número maior de brasileiros.

Ilan Goldfajn defendeu ainda a ideia de que uma melhor educação financeira implica em menor inadimplência, o que contribui para reduzir o custo do crédito.

“A inclusão é um componente da Cidadania”

ILAN GOLDFAJN, PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL DO BRASIL

O presidente do BC participou na manhã desta segunda-feira da abertura da 5a Semana Nacional de Educação Financeira, na sede do Banco Central, em Brasília. O evento vai até o dia 20 de maio e prevê ações educacionais, gratuitas, presenciais e online.

Iniciativas do mercado

A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), anuncia a implementação da campanha de educação financeira, ‘No meu dinheiro mando eu’, que está disponível gratuitamente, para toda a população desde ontem.

De acordo com o presidente da Abrapp, Luis Ricardo Martins, essa é uma causa que a entidade trata com entusiasmo e importância, pois tem como objetivo formar cidadãos conscientes com relação as finanças pessoais. “A educação financeira é uma prioridade para a Abrapp. Entendemos que ela é uma base importante para a aposentadoria. O jovem que administra com sabedoria as suas finanças e faz uma poupança previdenciária, chegará a maturidade com a segurança de uma fonte de renda confiável”, explica Martins.

"Não somos contra o consumo! Dinheiro é feito para gastar, mas antes é preciso fazer sobrar e, depois consumir de forma consciente na hora e no momento certo”, completou Martins sobre o uso consciente do dinheiro. /Estadão Conteúdo